Conto Erótico De Orgia Com Mulheres Gostosas Loucas Por Sexo e Putaria

Conto Erótico De Orgia Com Mulheres Gostosas Loucas Por Sexo e Putaria

27 de maio de 2021 Off Por zoofiliabestyalit

Conto Erótico De Putaria

Confiram a seguir o conto erótico de orgia onde duas mulheres nuas gostosas fazem sexo com safado que se deu bem.

O conto porno de hoje começou em um sábado a tarde, eu no mirc pescando, sem ninguém interessante pra papear, quando estava quase desistindo alguém me chama começamos a conversar… já estava meio sem saco e joguei pesado… quando ela perguntou o que eu procurava, respondi na lata… uma aventura, um amor, …uma foda, depois pra tapear coloquei uma carinha de smiley.. Não é que colou, ela era mais tarada que eu sem nem mesmo ter visto a foto amadora um do outro marcamos de nos encontrar em um barzinho que eu frequentava… ela se descreveu como sendo morena, baixinha, coxas grossas e seios grandes, já fiquei bem interessado.

Chegando na festa, no local que combinamos chegou duas mulheres, comecei a conversar com uma, que se apresentou logo após a outra abriu o jogo falou que era ela que falou comigo nisso chegou um cara e começou a conversar com a outra, nisso a que estava comigo disse faz um favor vai La e agarra a minha amiga…. ela não gosta daquele cara e ta doida pra se livrar dele….. não me fiz de rogado, cheguei por traz me colei nela agarrei-a pela cintura e na cara dura encochei deixei meu pau que já tava latejando roçando naquela bunda redondinha, e tasquei um beijo na orelha dela. Deu certo, dois minutos depois o cara sumiu saímos dali e fomos pra outro lugar procurar alguém pra ela… como não encontramos eu propus irmos pra casa que eu tinha um amigo que no tempo dividia o aluguel.

continua depois da publicidade

Chegando em casa, levei ela ao quarto que meu amigo dormia, ele podre de sono nem se deu ao trabalho de levantar e ela também não se interessou tanto por ele na volta ate a sala ela falou que me queria…. Já na sala, me propus a levar uma em casa ou ela dormir conosco vi os olhos da Tati brilharem, já sorrindo falou.. hmmmm um manage… adoro.. Antes de qualquer resposta, entrei no meio das duas peguei as mãos e puxei pro quarto. No caminho já estava calculando, e decidi pela garantia como a Tati estava querendo o manage quando cheguei ao quarto já fui beijando a Dani passando a Mao em sua bunda, e ela toda mole se entregou inteira nisso sinto a Tati se esfregando em minhas costas passando as mãos e minha bunda costas, me agarrando, beijando meu cangote e passando as mãos em meu pau já bem duro por cima da calça, a Dani já com um dos seios de fora, puxando minha boca em direção a ele, literalmente socando aquela teta gostosa na minha boca. Não sou de me fazer de tímido, enquanto mamava, enfiei minha Mao por dentro da calça dela e senti sua buceta encharcada, escorrendo, tamanho era o tezão que ela estava sentindo, foi ai que percebi que a Tati já não estava mais atras de mim, mas sim atras da Dani, fazendo a mesma coisa que estava fazendo comigo, beijando sua nuca, e percorrendo todo o corpo da Dani, inclusive o outro seio, que já estava a mostra, nisso a Tati se vira, quando vi a cena meu pau quase arrebentou a calça, vi o primeiro beijo feminino de perto, eu com a Mao dentro da calça da Dani, quando se beijaram, parece que ela gozou, de tão molhada que ficou. Soltei as duas, se viraram uma de frente pra outra e se beijaram de verdade, uma bolinando a outra, a Tati chupando os seios da Dani, que logo também libertou os seios da amiga, e ficaram as duas se divertindo.

Agora que estava garantida a diversão cheguei por traz da Tati e fui abrindo sua calça, e abaixando lentamente, enquanto isso a Dani tirava a blusa da Tati e vice-versa, fui beijando as costas da Tati, e ela já com as calças arriada, aquela bunda enorme e gostosa bem na minha cara, agarrei com as duas mãos, fui beijando separei as duas partes e meti a língua naquela reguinho gostoso, nisso ela arrebita bem a bunda, eu que não sou bobo, entendi na hora, primeiro de leve, pincelando minha língua naquele cuzinho gostoso, enquanto ela narrava tudo pra Tati, falando que eu estava enfiando minha língua em seu cuzinho, que já estava toda melada. A Dani, acho que ficou curiosa, foi abaixando pra ver mais de perto, quando chegou bem perto a Tati a segurou pelos cabelos e forçou sua cara em direção a sua buceta, que escorria como se estivesse mijando, a Tati só levou a Mao abriu sua bucetinha e lascou um beijo, que logo se transformou em uma gostosa chupada. Agora imaginem a cena, uma mulher em pé sendo chupada por outra na buceta e por um homem em seu cuzinho, tremia tanto que quase não conseguia ficar em pé. Uns dois minutos depois estávamos os três pelados, a primeira coisa que fizemos foi um beijo a três, é um tezão enorme, continuei beijando a Tati, e a Dani foi se abaixando ficando ajoelhada na minha frente, segurou meu pau pela base, quase amassando meus testículos, e abocanhou-o inteiro, estava beijando a Tati, tive que parar e olhar, somente os bagos pra fora, até a Tati ficou de boca aberta, pois meu pau não é dos menores, alem de ser grosso. Nisso ela se abaixa também e pede pra tentar, coloca pouco mais da metade e não consegue mais. Ai começam a dividir meu pau, ora uma chupando ora a outra… ora elas se beijando e punhetando… nisso resolvi tentar uma posição que achava o maior tesao, me deitei, e mandei a Tati sentar em minha cara e ficar esfregando a buceta na minha boca, a Dani entendendo qual era já foi pro meu pau e acabou cavalgando como uma doida, enquanto a Tati rebolava, esfregando a buceta e o cu na minha boca, sentindo minha língua entrar e sair de seus dois orifícios, ficamos assim por uns minutos, até que a Tati gozou, confesso que quase me afoguei, mas como é gostoso nisso sinto a Dani acelerando, e chegando ao gozo também, agora só faltava eu.

Depois de uns minutos conversando e se alisando, o fogo delas já estava queimando de novo, foram fazer um 69, que era exatamente o que eu queria, como já tinha sentido que a Tati gostou de meu carinho em seu cuzinho, enquanto a Dani chupava sua buceta, eu comecei a chupar seu cuzinho de novo, que quando sentiu a minha língua, se abriu toda, não tive duvidas, o serviço seria completo. Posicionei meu pau na entrada de sua buceta, nisso a Dani começou a lambe-lo, juntamente com o buceta da Tati, segurou com as mãos e direcionou para a entrada da bucetinha eu estava pronta pra me receber…. a Tati, quando sentiu o pau na entradinha, deu um impulso pra traz, que sua buceta engoliu meu pau inteiro, no mesmo instante.comecei estocadas firmes, naquela buceta, enquanto sentia a Dani lambendo minhas bolas, tava uma loucura, e eu já me segurando pra não gozar. Trocaram de posição, agora a Tati por baixo, e a Dani por cima, fiz a mesma coisa, enfiei toda minha língua naquela cuzinho gostoso, fui muito bem recepcionado, já com a certeza que iria comer aqueles dois cuzinhos. Parei de chupar o cuzinho e enfiei meu pau naquela bucetinha, que o recebei calorosamente, a cena se repetia, so que a Tati é mais ousada, alem das bolas, ela passava a língua também em meu cu, é uma sensação estranha, mas como era uma mulher, não achei nada de mal. Cheio de tesão voltei a acariciar aquela bunda que estava virada pra mim e toda aberta, pronta pra me receber, nisso a Dani pergunta se tenho algum creme, qua prontamente, abro a gaveta do criado mudo e pego o KY, que estava reservado… Passei cuidadosamente, espalhando somente pelo cuzinho pois a Tati continuava a chupar a buceta e de ter a buceta chupada. Mandei a Dani arrebitar bem a bunda e fui cuidadosamente colocando meu pau dentro daquele cuzinho que já estava piscando, me chamando, quando entrou a cabeça ela pediu pra parar um pouco, mas na tirar, depois de uns segundos ela mesmo começou a rebolar, e empurrar a bunda em minha direção, em poucos segundos estava todo dentro daquele cuzinho, socando bem fundo batendo as bolas na cara da Tati, que já estava reclamando que queria também. Não demorou muito a Dani quase desmaia tão forte e o orgasmo dela. Com ela quase desmaiada, a Tati fala pra eu me deitar que ela quer cavalgar, fiquei triste pensando que não ia comer aquele cu gostoso, nisso ela vem e diz quero ver se agüento sem creminho…. nossa nunca senti o pau tão duro, a Dani se virou e ficou olhando, eu deitado e a Tati sentando em cima de meu pau querendo fazer um sexo anal sem lubrificante, somente com a saliva, nisso a Dani vendo que não entrava, pegou meu pau, deu uma chupada deixando bem molhado, e direcionando para o cuzinho da amiga, que dessa vez sentiu a cabeça arrebentando suas preguinhas, parou por uns segundos, tomou fôlego e sentou de uma vez, senti meu pau latejar na mesma hora, ele começou a rebolar, me deixando doido, depois começou a subir e descer, virada de bunda pra mim, cada vez mais rapidamente, e a Dani tocando uma siririca pra ela, em poucos segundos ela gozou alucinadamente, quase junto comigo, mas quando as duas perceberam que eu ia gozar, tiraram rapidamente do cuzinho e me fizeram gozar em seus rostos, que logo em seguida foi limpo por beijos e lambidas. Que noite, sempre fico de pau duro quando lembro…

continua depois da publicidade