Contos de zoofilia; Fiz a Festa do meu Cão

Fiz a Festa do meu Cão Era uma sexta-feira fria, meu tesão era tanto que mal podia esperar meu namorado chegar. Os minutos passavam lentamente e nada…. finalmente ele chegou, beijos, abraços, mãos bobas (eu adoro) e finalmente saímos… ele me levou pra um barzinho… eu já queria pular essa parte e ir direto pros finalmente, mas ele cheio de rodeios; depois de umas cervejas ele, pois eu não bebo, ele me leva pra casa e diz que está cansado e precisa acordar cedo no sábado para trabalhar…. Eu fiquei muito puta, com ele e não disse nada, mas pensei… Ha tempos meu cachorro me rodeia, me cerca e eu nunca dei nenhuma confiança, mas já estava na hora de eu ter um amante que estivesse sempre à mão. Resolvi que seria no sábado. Meus pais viajariam para o sítio então eu teria o campo livre e, foi o que aconteceu. Sábado bem cedo eu ouvi o carro sair, meu cachorro é um rottweiler grande, lindo, tomei um copo d’água e desci até o jardim… o chamei-o e ele prontamente me atendeu (é disso que eu gosto), levei-o até o quarto de empregadas, tirei sua coleira, minha roupa e juntos tomamos um banho maravilhoso,,, sempre li esses relatos, mas nunca tinha pensado que era tão bom assim….o pau dele estava enorme, com uma bola grossa… eu comecei batendo uma punheta enquanto o lavava…depois era minha vez de tomar banho, ele ficou olhando como quem espera um presente… sou todinha depilada….adoro ser lisinha… ele não me agüentou me alisando e veio me cheirar… nossa que focinho gostoso… ele meteu sua língua no meio das minhas pernas e começou a me lamber…minhas pernas ficaram moles e eu não agüentei e caí sentada no chão com elas abertas… Ele me lambeu, chupou até que subiu em mim mas, não dava eu estava de frente pra ele e sentada…Então me virei e deixei ele fazer o que quisesse, ele rapidamente subiu em mim e foi cutucando até encontrar minha vagina que a essas horas já estava toda aberta esperando um pau… O pau dele é muito grosso. Achei que fosse doer mais o tesão era muito e ele, quando viu a pontinha dentro de mim… socou forte e entrou tudo de uma vez só eu sentia o pau dele batendo no fim do meu útero, e ele forte me segurando pela cintura, balanço no meu pescoço,, foi quando gozei, gozei e gozei como não gozava a muito tempo e ele não parava de bombear eu já precisava de um tempo mas ele nada de parar… depois de uns vinte e cinco minutos ele parou e tirou seu pau de mim,, nossa quanta porra saiu de dentro, na verdade um rio… e ele lambeu todinho e isso me despertou um tesão louco novamente. Resolvi secá-lo e a mim também e levado para meu quarto. Foi o que fiz aí deitei na cama e fiquei com as pernas apoiando no chão, mas de frente pra ele… ele então me chupou mais um pouco e montou em cima de mim e agora eu sentia seu peso como o de um macho meus seios espremidos contra seu peito peludo..hummm que delícia, ele estava procurando algum buraco, eu então peguei seu pau e conduzi até meu rabinho, dobrei as pernas pra cima e deixei ele meter… Nossa que delícia sentir um pau norrrrrrmmmmmmmmmmeeeeeee dentro do meu rabinho, o tesão era muito que nem liguei daquela bola entrar junto foi até muito bom quando entrou, senti um volume gostoso dentro de mim… e ele bombando dentro de mim e seus pelos raspando na minha buceta me fizeram gozar muito…. aí seu nó foi crescendo e crescendo e ele começou a gozar dentro do meu rabinho.. gozou, gozou, gozei, eu sentia minha barriga inchar de tanta porra dentro de mim… quando ele tinha saciado sua tara ele desceu de mim, mas o nó não deixou ele sair, senti uma dor no meu rabo como se ele estivesse querendo me arrebentar…. ajudei a segurar com a mão e esperei muito,, acho que devo ter dado mais tesão pra ele, e contei no relógio quarenta e dois minutos pra ele se desgrudar de mim…meu rabinho estava satisfeitíssimo e eu também,, gozei muito neste sábado eu nunca tinha ficado tanto tempo transando com um homem quanto como com ele então adorei a aventura… e ele também. Depois limpei o chão ,, que ficou todo melado, tomei outro banho e fui olhar o estrago…eu fiquei arrombada com ele, meu rabinho todo aberto mais adorei, e sempre que puder vou repetir….

Fonte; Casa dos Contos.