Contos de Zoofilia; Sodomizada por Garanhões

MEU NOME É CLÁUDIA, TENHO 32 ANOS, DIVORCIADA, UM CORPO DE FAZER INVEJA A QUALQUER NINFETINHA E TENHO UM FOGO INTERNO DIFICIL DE SER APAGADO.APÓS MEU DIVÓRCIO SEMPRE PROCUREI POR HOMENS BEM DOTADOS, MAS A SAFRA ESTÁ FRACA. DIA DESSES EM MINHA CASA, LEMBREI-ME DE QUANDO ESTIVERA EM UM MOTEL E ASSISTI A UM FILME DE ZOOFILIA E QUE ME EXCITEI MUITO COM AQUELES CACETES DESCOMUNAIS DOS CAVALOS.PESQUISEI NA INTERNET SOBRE SIMPATIZANTES DESTE ESTILO DIFERENTE DE SEXO E ENCONTREI FRED, TROCAMOS UMA IDÊIA E RESOLVEMOS MARCAR UM ENCONTRO. FRED ERA UM SENHOR DE 50 ANOS DE IDADE, SIMPÁTICO E ATRAENTE. EXPLIQUEI-LHE MINHA TARA POR CACETES ENORMES E ELE DISSE-ME QUE PODERIA SATISFAZER MINHA TARA. MARCAMOS ENTÃO PARA UMA SEXTA FEIRA A TARDE, FOMOS ATÉ O HARAS DE UM AMIGO SEU. CHEGANDO LÁ FOMOS RECEBIDOS PELO DONO QUE FOI LOGO NOS DEIXANDO A VONTADE, POIS TERIA QUE RESOLVER ASSUNTOS PARTICULARES. FOMOS ENTÃO ATÉ UM GALPÃO ENORME, AO ENTRAR DEPAREI-ME COM UNS 15 GARANHÕES REPRODUTORES PURO SANGUE, ERAM CAVALOS ENORMES, SADIOS E SEU PELO BRILHAVA DE TANTO LIMPEZA E HIGIENE. NOS FUNDOS DO GALPÃO TINHA UM ESTALEIRO EM MADEIRA RESISTÊNTE, NO MEIO TINHA UM TUBO GROSSO ENORME E NO FINAL UM SACO. FRED EXPLICARA-ME QUE OS CAVALOS EMPINAVAM SUAS PATAS DIANTEIRAS SOBRE O ESTALEIRO, SEU PÊNIS ERA COLOCADO NO TUBO E SEU SÊMEM RECOLHIDO NO SACO, IMITANDO UM COITO COM A ÉGUA.FRED SEM DEMORA COLOCOU UMA MESA LOGO APÓS O ESTALEIRO, RETIROU O SACO DEIXANDO SÓ O TUBO, PEDIU-ME PARA FICAR DE QUATRO E MIROU AQUELE TUBO PARA MINHA BUCETA, SEM ANTES LAMBUZA-LA COM UMA PASTA GELATINOSA E ESPARRAMANDO ATÉ MEU CÚZINHO.FIQUEI ALI DE QUATRO, LOGO PUDE VER NA POSIÇÃO EM QUE ESTAVA QUE FRED TRAZIA UM CAVALO ENORME, PASSOU UM PANO EM SEU FUCINHO E EM MOMENTOS PUDE VER AQUELA VARA ENORME, MEDIA UNS 70 CMS E ERA MUITO GROSSO, COMO UMA LATA DE COCA COLA. FRED EMPINOU O CAVALO ENCAIXOU AQUELA TORA NO TUBO E REGULOU, NÃO PODERIA ME PENETRAR TODA, POIS SERIA MUITO PARA MIM. SENTI A CABEÇORRA DAQUELA PICA QUENTE ENCOSTAR NA ENTRADA DE MINHA BUCETA, FRED SEGURAVA-O PARA QUE NÃO EMPURRASSE TUDO. ENTROU A CABEÇA, SENTI UMA DOR HORRIVEL, COMO SE ESTIVESSEM RASGANDO-ME COM UM BISTURI, LOGO ENTRO A METADE, MINHA BUCETA FOI DILATANDO E ABRIGANDO AQUE MASTRO, FRED AVISOU-ME PARA RELAXAR E SOLTOU O GARANHÃO DEIXANDO-O TRABALHAR. ELE SOCOU DE UMA VEZ RASGANDO MINHA BUCETA EMPURRANDO MEU ÚTERO PARA TRÁS, UNS 40 CMS DE PICA GROSSA E QUENTE. ELE SOCAVA COM FORÇA, SENTI MUITA DOR E TESÃO E FOI QUANDO DERREPENTE SENTI ESGUICHOS DE ESPERMA LAVAREM MEU ÚTERO E ELE TIROU DE UMA VEZ ACABANDO DE REBENTAR O POUCO QUE RESTAVA INTACTO DE MINHA BUCETA.SENTI ESCORRER POR MINHAS PERNAS UM LIQUIDO QUENTE, UMA MISTURA DE ESPERMA E SANGUE. MINHA RESPIRAÇÃO ESTAVA OFEGANTE, QUASE DESMAIEI. FRED VEIO ATÉ MIM E PERGUNTOU SE ESTAVA TUDO BEM E SEM DEMORA PERCEBI QUE TROUXE OUTRO GARANHÃO E DISSE-ME QUE AGORA DEIXARIA O CAVALO TRABALHAR DE VERDADE, ENTRARIA TODO O CACETE. MIROU O TUBO PARA MEU CÚZINHO E SENTI AQUELE CACETÃO ENCOSTAR EM MEU CUZINHO, FIZ MUITA FORÇA E ENTROU A CABEÇONA DE SEU PAU, QUASE MORRI DE DOR. FRED ENTÃO SOLTOU AS RÉDEAS DO CAVALO E ELE SOCOU TUDO,PASSOU PELO MEU CÚ, DILATOU MEU ESFÍNCTER, INVADIU MEU INTESTINO E QUASE ENTROU EM MEU ESTÔMAGO, SENTIA-ME PREENCHIDA POR DENTRO, NÃO CONSEGUIA NEM GRITAR MAIS, APENAS GEMIA ALTO. ELE METIA COM FORÇA E ACELERADO QUASE ME LEVANTANDO DA MESA, COMECEI A SENTIR MEU CU ARDER DE DOR E TESÃO ESTAVA TOTALMENTE ALARGADA, MEU INTERIOR ESTAVA DILATADO E TENTAVA FORÇAR MEU ESFÍNCTER NAQUELA TORA.ELE FOI ENTÃO ACELERANDO MAIS E SENTI JATOS E JATOS DE ESGUICHOS FERVENDO DENTRO DE MEU INTESTINO, MEU ESTÔMAGO ESTUFOU-SE DE TANTA PÔRRA. QUANDO ELE TIROU AQUELA VARA ENORME DE DENTRO DE MIM, ESCORREU POR MINHAS PERNAS MUITA PORRA, SANGUE E FEZES, ELE ME FEZ UMA LAVAGEM ESTOMACAL, SENTIA-ME ÔCA POR DENTRO, TOTALMENTE DILACERADA, MAS SATISFEITA.FRED ENTÃO COM MUITO CARINHO PEGOU-ME NO CÔLO E LEVOU-ME ATÉ UMA CAMA DE PALHA IMPROVISADA ONDE LOGO ADORMECI. QUANDO ACORDEI PERCEBI QUE FRED LEVAVA UM A UM OS CAVALOS ATÉ O TUBO E RECOLHIA SEU ESPERMA, LOGO VEIO COM 2 JARROS DE UM LITRO CADA CHEINHA DE ESPERMA QUENTE, JOGOU UMA JARRA SOBRE MEU CORPO, AQUELE LIQUIDO QUENTE E GOSMENTO, ENXARCOU MEU CABELO MEU ROSTO, EU ESTAVA LOUCA DE TESÃO. ENTÃO FRED PEGOU UM COPO E ENCHEU DE ESPERMA E PEDIU PARA EU TOMAR, DEI UMA GOLADA´E VÔMITEI. FRED NOVAMENTE ENCHEU O COPO E PEDIU-ME PARA BEBER, POIS SÓ ASSIM O RITUAL ESTARIA COMPLETO. CRIEI CORAGEM, TAMPEI O NARIZ E TOMEI DE UMA VEZ, QUASE VOLTOU. PERCEBI QUE MEU ESTÔMAGO ACOSTUMARA COM AQUELE LÍQUIDO ÁCIDO E AZEDO E TOMEI TODA A JARRA, GOTA A GOTA. FUI PARA CASA COM MEU ESTÔMAGO CHEIO DE ESPERMA DE CAVALO. HOJE EM MINHA GELADEIRA NÃO EXISTE MAIS LEITE DE VACA, SÓ DE CAVALOS. UM BEIJÃO A TODOS. TCHAU!!!!!!

FONTE; CASA DOS CONTOS.