Selma do Recife; Manda corno ir passear e da a bunda ao motorista

Selma do Recife; Manda corno ir passear e da a bunda ao motorista

12 de outubro de 2019 0 Por zoofiliabestyalit
Como prometido, estou colocando material inédito para os amigos. Todos já sabem que sou uma casada vagabunda e adoro foder. Adoro machos, cheiro de machos, cheiro de caralhos diversos. Sou uma puta viciada mesmo em foder. E a sorte é que meu marido é um corno que aceita levar chifres e ainda se orgulha disso. Alugamos um chalé na praia de Ponta Negra, em Natal, Rio Grande do Norte. Fizemos amizade com o motorista do condomínio. Era um moreno bem forte e me olhava com desejo. Eu também sempre estava com algum shortinho socado ou fio dental dentro da bunda. E como gosto de provocar. Ele faz também serviços gerais no condomínio e foi aí que falei para meu corno para sair no sábado. Não queria nem saber. Queria era dar a bunda, sentir aquele macho em cima de mim e enterrado na minha bunda. E corno que é corno tem somente de aceitar e sair. Deixou uma câmera para fazer o filme . Chamei ele, fingindo ter um problema e ele prontamente veio. Com roupas velhas, suado e com cheiro de macho. Meu Cu começa a piscar de tesão. Assim que acaba digo que notei seu caralho por baixo da roupa e ele fica sem jeito. Pergunto se posso ver. Que ficaria entre nós. Antes dele responder me ajoelho e acaricio por cima da bermuda jeans. Tiro pra fora e era enorme, ainda mole. Como era grande. Coloco na boca e aquilo começa a crescer rápido. Digo que quero ele na minha bunda. Ele pergunta por meu marido e digo que vai demorar. Que seria rápido, pois ele estava ainda no expediente. Deito e abro a bunda. Peço para lamber meu cuzinho. Ele estranha o  pedido. Acho que não curte fazer isso. Digo que é para entrar mais fácil. Em pensamento quero que se foda. Tem de lamber cu, sem essa frescurinha de nojo. Adoro isso.   Logo ele vem por cima e coloca a cabeça do pau no cu. Mando enterrar de vez aquela coisa grossa. Só gosto assim.  E ele faz isso. Puta merda! A cabeça abriu de uma vez meu cuzinho e o trem entrou todo no meu intestino. O macho parecia mais um animal. Mal atola e já começa a meter forte, grunhindo como um cão louco, falando que adora bunda e que meu rabo era quente e gostoso. Disse para ele que dou muito o cu aos amigos. Ele gemia e falava que tava notando, por causa do cu ser estufado e já estar frouxo. eu me peidava demais e o macho enlouquecia. Até que geme alto e sinto os jatos de esperma lotarem meu reto quentinho. Ele gozou e logo saiu, como que assustado. Era muito esperma dentro da bunda. Vesti meu shortinho e guardei tudo, para mostrar ao corno como foi a foda. Chamei o corno ao banheiro, fiquei aberta na bacia e fiz força para aquilo tudo sair de meu cuzão arrombado. Era apenas o começo, pois o machos ficou viciado em minha bunda.
VEja TUDO o que rolou em Ntal, contos, fotos e filmes, completos, em nosso site
OU SEJA PADRINHO
(PARA POUCAS PESSOAS)